Especialista encontra 47 aplicativos falsos na Play Store que somam mais de 15 milhões de downloads

O analista Jakub Vávra, da fabricante de antivírus Avast, encontrou um conjunto de 47 aplicativos para Android que exibem anúncios irregulares após serem instalados. Todos os apps estão ou estiveram cadastrados na Play Store, a loja oficial do sistema, onde alcançaram 15 milhões de downloads.

Os softwares parecem ser imitações ou clones de jogos populares que foram "reembalados", ou adulterados, com a adição do código que exibe publicidade. Dessa maneira, os programas cumprem as funções prometidas, mas exibem propaganda de forma excessiva, atrapalhando o uso do smartphone e até o próprio jogo.

O código malicioso que realiza essas atividades é conhecido como "HiddenAds" ("anúncios ocultos"). Entre as instalações que foram registradas pela Avast, 21% ocorreram no Brasil, enquanto o segundo país mais afetado seria a Índia, com 8,1% das instalações.

De acordo com Jakub Vávra, os aplicativos removem seus ícones verdadeiros e os substituem por atalhos. Essa troca pode dificultar a desinstalação do app, já que os ícones de atalho, quando são removidos, não desinstalam o app vinculado.

Dos 47 apps identificados pela Avast, 30 já foram removidos da loja. O blog verificou alguns dos apps que ainda estão on-line: eles estão cadastrados em contas de desenvolvedores sem nenhum outro aplicativo e a política de privacidade está armazenada em um documento no Google Drive, porque o aplicativo aparentemente não tem site oficial, apesar da popularidade.