Espaço Potencial inaugura sede própria

Área construída é de 2.059 m², com 16 salas de atendimento e demais ambientes diversos, como recreação e música

 

Foto: Divulgação

O Espaço Potencial inaugurou sua nova sede ontem (24). A mudança para um espaço próprio ocorre um ano e meio após o início da obra, desenvolvida com doações. O objetivo do investimento é ter um ambiente maior e apropriado ao desenvolvimento das potencialidades dos autistas e ao acolhimento das famílias.

A instituição tem 11 anos e funcionava em uma casa alugada pela Prefeitura na rua Coronel José Brás, nº 1.131. No entanto, além de não ser uma sede própria, o espaço não comportava mais as necessidades e o desenvolvimento do trabalho.

“Empresário de Marília se envolveram com a causa e, de forma voluntária, somaram forças para a construção de uma sede”, disseram a fundadora e coordenadora Lurdes Santos, a fundadora Arcênia de Mello e a presidente Ângela Cândido Paqualinito.

O endereço do Espaço Potencial agora é rua Beline Marconato, nº 300. A mudança aconteceu no dia 1º de junho e ontem foi feita uma solenidade de inauguração apenas com o prefeito Daniel Alonso e os empresários parceiros como convidados.

Não foi possível uma comemoração festiva por conta da pandemia, até porque as atividades do Espaço Potencial, no momento, são à distância, por conta do isolamento social. As empresas responsáveis pela obra são o Tauste Ação Social, a Toca Imóveis, a Frazolin Engenharia e a Menin Engenharia.

De acordo com a direção da entidade, após a quarentena, as atividades voltarão a ser desenvolvidas com ainda mais qualidade em um prédio totalmente planejado para o serviço oferecido pelo Espaço Potencial (Associação de Pais e Amigos do Autista).

A área construída é de 2.059 m² , com 16 salas de atendimento e intervenção comportamental para o uso de pedagogos, psicólogas, terapeuta ocupacional, fonoaudiólogos, educador físico e psicopedagoga.

Há ainda um auditório, uma sala de música, uma sala de avaliação multiprofissional, uma sala de atendimento individual com intervenção  ABA, a sala de Serviço Social, a cozinha, um refeitório, uma panificadora artesanal, uma horta, um espaço de recreação e uma sala de treinamento e estudo para a equipe de profissionais.