Exportações da região de Marília têm alta de 4,9%, informa Ciesp

A pesquisa faz um comparativo entre as exportações e importações no mesmo período de 2019 em 39 regionais do Estado

Por Izabel Dias 

 Levantamento da Balança Comercial das diretorias regionais do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) no período de janeiro a maio de 2020 mostra que a região de Marília registrou aumento de 4,9% nas exportações. A pesquisa é realizada pelo Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior e foi divulgada pelo Ciesp Alta Paulista.

A pesquisa faz um comparativo entre as exportações e importações no mesmo período de 2019 em 39 regionais do Estado.  As exportações da regional de Marília registraram US$ 188,2 milhões no período de janeiro a maio deste ano; um aumento de 4,9% na comparação com o mesmo período de 2019. Já as importações somaram US$ 45,1 milhões, o que significa um crescimento de 2,3% frente ao mesmo período do ano passado.

Conforme o levantamento, os  principais produtos exportados pela regional de Marília foram sementes e frutos oleaginosos (34,7%), açúcares e produtos de confeitaria (15,8%) e máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos (13,8%). Por outro lado, as importações da regional se concentraram em adubos ou fertilizantes (30,6%), máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos (22,3%) e peixes e crustáceos, moluscos (4,6%)

PRINCIPAIS MERCADOS

No período analisado, os principais destinos das exportações de Marília foram Rússia (15,1%), Paraguai (11%) e China (6,8%). Por sua vez, as compras da regional tiveram como principais origens Estados Unidos (20,3%), Rússia (11,1%) e Marrocos (10,7%).