Ouvidoria do Município volta a atender pelos canais convencionais no dia 8

 

O horário de atendimento será reduzido: das 8h às 14h, de segunda a sexta-feira

 

A Ouvidoria Geral do Município volta a atender pelos canais convencionais a partir da próxima segunda-feira, dia 8 de junho. Todos os protocolos de segurança para a população e para os servidores serão seguidos para a volta do atendimento presencial. Além do atendimento presencial, que é realizado na rua 4 de Abril, 41, na Praça Saturnino de Brito, no centro da cidade, os atendimentos não presenciais seguirão como antes da quarentena, via e-mail: ouvidoria@marilia.sp.gov.br, telefone 0800.7766.111 e WattsApp 997996361. O horário de atendimento será reduzido: das 8h às 14h, de segunda a sexta-feira.

A Ouvidora Geral do Município, Ana Carolina do Carmo Pereira, destacou que enquanto durar a pandemia as pessoas só devem procurar o atendimento presencial quando for estritamente necessário.


“É importante salientar que os canais telefônicos e eletrônicos são tão eficazes quanto os atendimentos presenciais. Assim, orientamos que somente compareçam quem não tiver como utilizar os demais canais. Estamos à disposição para orientar, registrar e encaminhar as manifestações”, disse a Ouvidora. Para o atendimento presencial os protocolos de segurança adotados para a proteção de todos serão os seguintes:


- Os servidores estarão com distanciamento de 2 metros entre si e os atendimentos serão realizados com distanciamento de pelo menos 1 metro das mesas.


- O limite de cidadãos dentro da sala de atendimento será de duas pessoas por vez, devendo os próximos aguardarem na área externa, que possuirá cadeiras distanciadas e cobertura de proteção.


- Será obrigatório uso de máscaras tanto por parte dos servidores quanto por parte dos cidadãos (não será permitida a entrada sem máscara).

- Haverá frascos com álcool em gel em todas as baias de atendimento.


O prefeito Daniel Alonso destacou a importância de que todos sigam os protocolos de proteção não só no atendimento na Ouvidoria Geral do Município, mas também em qualquer órgão ou estabelecimento que atenda ao público.


“É importante que todos sigam as regras de distanciamento, uso de máscara, higienização constante das mãos, para a proteção de quem será atendido bem como de quem estiver atendendo. Só assim conseguiremos evitar o crescimento de casos da Covid-19 em nossa cidade, o que levaria à necessidade de uma nova quarentena”, disse o chefe do Executivo.