Cabeleireiro esfaqueia advogado após flagra com mulher

Carlos Alberto Alves Durval, de 45 anos, foi indiciado em flagrante pelo crime de tentativa de homicídio

Por Matheus Brito /Foto: Divulgação

O cabeleireiro Carlos Alberto Alves Durval, de 45 anos, foi preso por policiais militares acusado da tentativa de homicídio contra o advogado J.L.R., de 34 anos. Ele esfaqueou a vítima após flagrá-lo mantendo relação sexual com sua esposa na sexta-feira (29) em imóvel no Jardim Universitário, na zona Oeste de Marília.

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), ao chegar no apartamento localizado na rua Mariza de Lourdes Javaroti de Souza, o cabeleireiro surpreendeu a sua esposa mantendo relação sexual com o advogado.

Durval se armou com uma faca de cozinha e aplicou vários golpes no abdômen e perna direita da vítima. O advogado foi socorrido por ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para o Hospital das Clínicas (HC) de Marília.

Segundo apurado pela reportagem do Jornal da Manhã, a vítima passou por cirurgia e permanece internado em estado grave.

Após o crime, o cabeleireiro se evadiu em um veículo. Policiais militares encontraram o acusado e localizaram a arma usado no crime escondida na console do carro.

 

Durval foi indiciado em flagrante pelo crime de tentativa de homicídio e recolhido para a penitenciária de Marília. Se condenado, o cabeleireiro pode pegar uma pena de até 20 anos de prisão em regime fechado.