Número de prisões efetuadas cai 41,8% durante isolamento social

Polícia Civil também contabilizou queda de 62,1% na quantidade de inquéritos policiais lavrados

Por Matheus Brito / Foto: Edio Junior

Estatísticas divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) apontam queda na produtividade policial em Marília durante o período de isolamento social devido a pandemia do Covid-19. Os principais indiciadores registraram diminuição de efetividade no mês de abril em comparativo com o mesmo período do ano passado.

Segundo os números oficiais do governo paulista houve queda de 41,8% nas prisões efetuadas no período. Ao todo foram registradas 71 detenções contra 122 em abril de 2019.

Os dados ainda indicam queda de 79,2% nas prisões por mandado em abril. As polícias cumpriram 16 ordens judiciais no período contra 77 no ano passado.

Em contrapartida houve aumento de 22% nos flagrantes lavrados. Foram contabilizadas 55 ocorrências no período, dez a mais que em 2019. O número de pessoas presas em flagrante também teve alta de 29,4%. Foram 66 detidos desse modo em abril contra 51 no ano anterior.

As estatísticas ainda apontam redução da efetividade da Polícia Civil. Nesse primeiro mês completo de isolamento social houve queda de 62,1% na quantidade de inquéritos policiais lavrados. Em abril foram registrados 100 contra 264 no mesmo período de 2019.

Já o número de flagrante por tráfico de entorpecentes registrou queda de 30% no período. Ao todo foram 27 ocorrências em abril contra 39 no ano passado. Também foram contabilizadas quedas de 55% nas ocorrências de porte de drogas e de 20% nas apreensões de drogas.

As estatísticas indicam ainda aumento de 33% nas apreensões de armas, mas queda de 100% nas ocorrências de porte ilegal por arma de fogo.