Paulo Skaf critica Doria e questiona isolamento

Paulo Skaf critica Doria e questiona isolamento

 

Líder da Fiesp destacou que medidas da administração pública têm sido feitas "sem planejamento"

 

Em um vídeo publicado em suas redes sociais na última terça-feira (19), o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, trouxe seu posicionamento sobre as medidas que têm sido determinadas pelo governador João Doria no estado paulista.


Crítico da manutenção do fechamento generalizado da economia, ele declarou que as medidas tomadas pela administração estadual têm prejudicado todos os empreendedores. Na opinião de Skaf, as decisões devem ser analisadas de forma local.

“Essas medidas que o governo do Estado de São Paulo vem tomando deforma horizontal tratando todos os municípios da mesma forma prejudica todo mundo. Se nós temos 645 cidades em São Paulo são 645 histórias”, disse.


O empresário também afirmou que as últimas decisões, como a antecipação dos feriados e o megarrodízio de veículos aplicado na capital, foram medidas ruins e “sem planejamento”. “Cada município deveria ter liberdade. Vamos completar 70 dias parados. Não conheço nenhum país do mundo que tenha passado de 70 dias. Essa antecipação dos feriados é mais uma medida improvisada e sem planejamento”, destacou.