Famema reabre Mestrado, mas seleção não terá prova

Instituição divulga prazos de adesão, seleção e matrícula

 

Foto: Divulgação

A Famema reabriu as inscrições do Mestrado “Ensino em Saúde”. A adesão ao programa estava suspensa devido à pandemia. No entanto, por conta do Coronavírus, não haverá prova. Os candidatos serão definidos pela análise do pré-projeto, argumentação do projeto de pesquisa, currículo e histórico escolar.

O prazo de adesão segue até sexta-feira (22), sendo que o atendimento da Secretaria do Programa de Mestrado Profissional é feito exclusivamente por email no período de quarentena: mestradoprofissionalfamema@gmail.com.

Todos os documentos exigidos no edital nº 01/2020 deverão ser enviados de forma digitalizada, legível e em formato PDF. A taxa de R$ 250,00 a ser paga por depósito online, com identificação (CPF) do depositante. A conta é: Banco do Brasil: 001, agência 3852-0, conta corrente 5158-6.

São disponibilizadas quinze vagas, podendo haver expansão deste número, de acordo com a disponibilidade dos orientadores. As linhas de pesquisa do

programa são: processos de ensino-aprendizagem em saúde e articulação

entre o ensino e o Sistema Único de Saúde.

Os resultados serão divulgados no dia 24 de julho. E o curso está marcado para começar no dia 4 de setembro de 2020. O edital do programa está no site da Faculdade de Medicina de Marília: www.famema.br.

De acordo com a instituição, “o profissional a ser formado deve atuar como agente multiplicador; avaliar a transformação das práticas educacionais em saúde; e atuar de forma crítica e reflexiva, intervindo sobre os problemas da prática profissional e implementando ações transformadoras”.