GP de Singapura pode ser a 4ª corrida cancelada em 2020

Corrida precisa de cerca de três meses de preparação por ser de rua

Mantido no calendário da temporada 2020 da Fórmula 1 na sua data inicial mesmo após o avanço da pandemia global de coronavírus, o GP de Singapura corre risco de ser cancelado. De acordo com os seus organizadores, a corrida marcada para o dia 20 de setembro, em Marina Bay, precisa de cerca de três meses de preparação por ser de rua. Sendo assim e importante que se feche o quanto antes o cronograma da F1, algo que deve acontecer nas próximas semanas.

A temporada 2020 da Fórmula 1 começaria no dia 15 de março, com o GP da Austrália, em Melbourne, mas a etapa foi cancelada, assim como os GPs de Mônaco e França. Além disso, outras sete corridas foram adiadas: Barein, Vietnã, China, Holanda, Espanha, Azerbaijão e Canadá. Até que haja novas alterações, a temporada está marcada para começar em julho com o GP da Áustria.

“O calendário da Fórmula 1 para a temporada 2020 está atualmente sendo finalizado, e o GP de Cingapura mantém um diálogo aberto com a Fórmula 1, o Governo de Cingapura e outras partes interessadas durante esse período, para avaliar diferentes possibilidades”, afirmou um porta-voz do evento ao site inglês Motorsport.

“O GP de Cingapura também está trabalhando em estreita colaboração com o Conselho de Turismo de Cingapura e várias agências governamentais no cronograma de configuração do circuito. Como o circuito da rua exige uma infraestrutura temporária considerável, é necessário levar em consideração o tempo de execução suficiente para concluir a construção dos vários componentes”, acrescentou ele.

Caso o GP de Singapura seja cancelado existe a possibilidade de o GP do Azerbaijão ser transferido para 20 de setembro - a data inicialmente agendada desta corrida era 7 de junho.