Indianos criam "motolância" para ajudar no combate ao coronavírus

País que vive o maior isolamento populacional do mundo, a Índia tem uma quarentena nacional que foi prorrogada até o próximo dia 3 de maio por causa do coronavírus.

País que vive o maior isolamento populacional do mundo, a Índia tem uma quarentena nacional que foi prorrogada até o próximo dia 3 de maio por causa do coronavírus.

Com cerca de 1,3 bilhão de pessoas em isoladas, uma iniciativa desenvolveu motos para poder transportar pacientes que estão em locais de difícil acesso, como zonas rurais, para ter o atendimento correto em hospitais.

A "motolância" foi desenvolvida pela fabricante de motos indiana Hero, e 60 delas doadas para autoridades locais.

O modelo usa como base motos de 150 cc e foram produzidas artesanalmente pela empresa, que adaptou um 'side car' na lateral do veículo para levar os doentes de Covid-19.

A Índia tem 17.615 casos confirmados de coronavírus e 559 mortes pela doença, de acordo com dados da Universidade de Johns Hopkins, dos Estados Unidos.