Crimes de homicídio e estupro crescem no mês de fevereiro

Números ainda apontam redução de roubos, furtos, flagrantes por trafico de entorpecentes e mortes no trânsito no segundo mês do ano em Marília

Por Matheus Brito

Os crimes de homicídio e estupro contabilizaram alta em Marília no segundo mês do ano. Os números divulgados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Estado de São Paulo aponta ainda redução nos roubos, furtos, flagrantes por tráfico de entorpecentes e mortes no trânsito.

As estatísticas oficiais do governo paulista indicam elevação de 100% nos crimes de homicídio. A polícia registrou uma morte violenta em fevereiro contra nenhuma no mesmo período do ano passado.

Já as tentativas de assassinato tiveram aumento de 200%. Ao todo foram três ocorrências nos 29 dias do segundo mês do ano contra apenas uma em 2019.

A violência contra a mulher mais uma vez registrou crescimento em Marília. Cinco crimes de estupros foram contabilizados no período contra três em fevereiro do ano passado, uma elevação de 66,6%.

Em contrapartida os delitos de roubo tiveram retração de 28,5%. Foram registrados 15 casos de assalto em fevereiro contra 21 no mesmo período do ano passado.

Os furtos também contabilizaram queda de 6,8%. Ao todo foram 190 ações criminosas contra 204 em 2019.

Os flagrantes por tráfico de entorpecentes foram outro delito que registraram diminuição de 26%. A polícia teve 20 ocorrências em fevereiro, sete a menos que no ano passado.

Os números ainda apontam redução de 100% nas mortes em acidentes de trânsito. Nos 29 dias de fevereiro, nenhum óbito foi contabilizado em colisões no perímetro urbano ou rodovias contra um no ano passado.