Mário Herrera afirma que Bolsonaro sacrifica a população

Presidente do Sindicato dos Comerciários diz que país precisa de presidente atuante

O presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Marília, Mário Herrera, afirma que o discurso do presidente Jair Bolsonaro sobre a pandemia do Coronavírus na noite de terça-feira, sacrifica a população. O presidente disse em rede nacional ser contra a quarentena e o fechamento de escolas e minimizou os efeitos da pandemia.

“Simplesmente Bolsonaro está perdendo a chance de provar que tem competência para administrar o Brasil. Pedir pra sacrificar o povo, o trabalhador, é um ato simplesmente covarde e sem nenhuma sensibilidade. Bolsonaro deixou o cargo subir para sua cabeça e também está com uma assessoria péssima e o pior, é observar os ministros assistindo calados. Por onde anda nosso Ministro da Justiça? “, disse.

Mário Herrera afirma que o país necessita de um presidente atuante e que apresente ações concretas para frear a pandemia e mostre a Nação que se faz necessário união e muita compreensão.

“Quanto a situação econômica local dos comerciantes e comerciários, vamos buscar junto ao Sindicato patronal realizar acordos coletivos que respeitem os trabalhadores, as leis e a nossa Convenção Coletiva, buscando sempre o bem comum”, disse o sindicalista.