Ambiental flagra aves em cativeiro e com asas cortadas

Pássaros da espécie

Por Matheus Brito / Fotos: Divulgação

 

Um homem, identidade não divulgada, foi multado em R$ 7 mil por policiais militares ambientais na terça-feira (24) após ser flagrado mantendo duas aves silvestres em cativeiro e em situação de maus tratos em residência em Garça (cerca de 30 quilômetros de Marília).

De acordo com informações da Polícia Militar Ambiental, os policiais militares encontraram duas aves da espécie “Periquitão Maracanã” sendo mantidos em gaiolas. As aves ainda tiveram as penas das asas cortadas.

O morador foi autuado em R$ 6 mil pelo crime de maus tratos a animais e mais R$ 1 mil por manter ave silvestre em cativeiro.