Comitê Olímpico Brasileiro comemora adiamento para 2021

Presidente do COB: “Sempre tivemos confiança de que o presidente Thomas Bach seria capaz de liderar com serenidade e segurança o Movimento Olímpico nesse momento histórico”

O Comitê Olímpico do Brasil comemorou o adiamento da Olimpíada de Tóquio para 2021. Em nota, o presidente do COB, Paulo Wanderley Teixeira, disse estar bastante satisfeito com a decisão tomada em conjunto pelo COI, Governo Japonês e Comitê Organizador Tóquio 2020, pois assim a saúde de todos atletas não correrá risco contra “um adversário perigoso”.

“Sempre tivemos confiança de que o presidente Thomas Bach seria capaz de liderar com serenidade e segurança o Movimento Olímpico nesse momento histórico. Os atletas são o centro das preocupações do COB e do COI e, por isso, a comunidade olímpica do Brasil está bastante satisfeita com a decisão. Estaremos todos juntos nessa luta contra um adversário perigoso. Usando da resiliência, coragem e trabalho em equipe, tantos valores que o esporte nos ensina, seremos capazes de vencer juntos o novo coronavírus”, disse o presidente.

Já o diretor geral da COB, Rogério Sampaio, afirmou que a delegação brasileira vai seguir com o trabalho de preparação com base no que já haviam feito para julho deste ano, porém com algumas readequações necessárias. “Trata-se de uma situação nova em que temos diversas questões que precisamos buscar respostas. Teremos que replanejar, fazer novos estudos, falar com nossos patrocinadores e fornecedores, conversar com as nossas bases no Japão, entre outros. Seguiremos trabalhando para oferecer uma estrutura de excelência ao Time Brasil”, disse o campeão olímpico.

Ainda não há previsão de uma nova data para o evento, apenas foi estabelecido o prazo limite, que é o verão de 2021 no hemisfério norte. Com isso, o vice-presidente do COB e Chefe de Missão nos Jogos Olímpicos de Tóquio, Marco Antônio La Porta, disse que ainda é preciso aguardar para readequar o planejamento e definir novos prazos de competições “para garantir que nossos atletas tenham as melhores condições de preparação, qualificação e performance nos Jogos”.

Todos os eventos públicos e preparatórios para os Jogos foram cancelados há duas semanas e o CT Time Brasil está fechado desde a última terça-feira.