Marília tem primeira morte suspeita de Covid-19

Paciente suspeito morreu na UPA na manhã de domingo

 

Foto: Arquivo JM

A Vigilância Epidemiológica Municipal registrou a primeira morte com suspeita de Coronavírus. Um homem de 49 anos, acamado por AVC, que faleceu na manhã de domingo na UPA (Unidade de Pronto Atendimento da zona norte).

Estão contabilizados até o momento 32 casos de síndrome respiratória, podendo ser por Covid-19, sendo que três pacientes estão internados.

O homem que veio a óbito era morador da zona norte da cidade e deu entrada na UPA na noite de sábado apresentando febre, dispneia (dificuldade para respirar), desconforto respiratório e saturação menor que 95%.

Segundo a unidade, ele estava desidratado e descorado e não tinha histórico de vacina de H1N1 nos últimos 12 meses. Já na UPA, o paciente teve uma parada cardiorrespiratória, vindo a óbito na manhã do domingo (22).

O Município informou que foram colhidas amostras laboratoriais do paciente, de acordo com a portaria 454 de 20 de março de 2020 do Ministério da Saúde, abrindo investigação para SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) e COVID-19.

O homem não viajou ao exterior e não teve contato com suspeitos de Coronavírus. Até o momento não há nenhuma outra morte com suspeita de Covid-19.  São, até o momento 32 casos suspeitos, sendo que três pacientes seguem internados.

A Secretaria Municipal da Saúde teve três outros casos suspeitos descartados pelo Estado por não possuírem critérios epidemiológicos, não sendo necessária a chegada dos resultados exames laboratoriais.