Atletas do MAC são liberados dos treinos por tempo indeterminado

A medida acontece no dia seguinte à paralisação do Campeonato Paulista das três primeiras divisões

Por Jorge Luiz/foto: Edio Jr.

Ontem pela manhã (dia 17), os jogadores do Marília Atlético Clube (MAC) foram liberados para voltar as suas casas por tempo indeterminado, em razão da pandemia do Coronavírus. A medida acontece no dia seguinte à paralisação do Campeonato Paulista das três primeiras divisões.

“Foi uma reunião bem breve, sem nenhum membro da diretoria, mas com o anúncio feito pelo Guilherme Alves (técnico)”, explicou o meia Bruno Ribeiro.

O jogador maqueano que não houve nenhum tipo de programação a ser feita nesta paralisação pela comissão técnica. “É óbvio que nós atletas temos que nos manter em atividade, mas não foi nos passado nenhuma programação. Cada um conhece o próprio corpo e sabe qual tipo de manutenção é necessária, para que não se perca tanto fisicamente nesta paralisação”, frisou.

Um dos líderes do time, Bruno Ribeiro disse que no momento a paralisação e a liberação dos treinos é o mais correto a ser feito. “Nenhum dos atletas foi contra à medida, até porque é uma recomendação do Organização Mundial de Saúde (OMS) e nenhum de nós quer jogar de portões fechados. Não sabemos se a competição irá voltar, mas é para ficarmos de sobreaviso. Acredito que em duas ou três semanas teremos alguma definição sobre uma data para retorno ou para o fim da Série A-3”, declarou.

O meia acredita que o campeonato poderá ser retomado se o ‘Covid-19’ for controlado nas próximas semanas. “Se isso acontecer, seria melhor retomar a competição e realizar as últimas quatro rodadas desta 1ª fase. O que a gente ouve, mas nada oficial ainda, é que se for encerrado não haverá rebaixamento e que os dois primeiros colocados da Série A-3 (Noroeste e EC São Bernardo) ficam com as vagas de acesso”, comentou.

Após a 11ª rodada do Paulista da Série A-3, o Marília entrou na zona do rebaixamento (15º lugar), com 11 pontos.