Oitavo lugar de 2019 avançou com 22 pontos e último rebaixado somou dez

MAC somou apenas sete pontos em sete jogos e só terá mais três partidas em casa nesta 1ª fase nesta Série A-3

Por Jorge Luiz/foto: Edio Jr.

O Campeonato Paulista da Série A-3 chegou quase em sua metade com a realização da 7ª rodada, que terá jogos ainda hoje (dia 22). Depois de fim de semana com jogos no Carnaval, restarão oito partidas para cada agremiação. Assim como em 2019, o número de equipes e o regulamento são os mesmos desta temporada na 1ª fase.

Os oito primeiros colocados se classificam para as quartas de finais. No ano passado, a última vaga foi do Osasco Audax (foi o campeão), tendo somado 22 pontos, mesma pontuação do 7º colocado, o Monte Azul, que foi o vice-campeão.

O Marília Atlético Clube (MAC) está em 12º lugar com sete pontos e para alcançar a pontuação do Osasco Audax, precisará somar mais 15 pontos em 24 que o time ainda disputará, ou seja, cinco vitórias em oito jogos. Se para escapar do rebaixamento a pontuação mínima for a mesma de 2019, o Alviceleste necessitará apenas de mais quatro pontos (dois clubes caem).

Na temporada passada, o último dos dois rebaixados foi o Taboão da Serra, que somou apenas dez. O último a se salvar da queda foi o Olímpia, que fez 13. O lanterna foi o São Carlos, que alcançou somente oito pontos.

Das oito rodadas que o Marília ainda fará nesta 1ª fase, só três serão no estádio Bento de Abreu (Rio Preto, Grêmio Osasco e Desportivo Brasil). Dos cinco jogos como visitante, a última rodada será diante do Barretos, onde o MAC nunca venceu na história.

 

Jogo só dia 29 – O Marília só volta a jogar pela Série A-3 daqui uma semana – dia 29 (sábado) – em Jundiaí, às 16h, contra o Paulista. Para essa partida, o técnico Guilherme Alves terá mais opções para escalar o elenco.

O volante Fabrício cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo. O meia Alan Calbergue enfim foi liberado pelo departamento médico, depois de uma nova realização de exames cardiovasculares. Há grande chance dele estrear já como titular.

Quem também deverá ficar à disposição novamente é o centroavante Rafael Amoroso, que desfalcou a equipe nas últimas três rodadas, por conta de uma lesão no joelho direito. No começo desta semana, ele iniciou os treinamentos específicos para trabalhar novamente junto do elenco.

Outro que está em fase final de recuperação é o meia-atacante Kelvy, que fraturou a fíbula do tornozelo esquerdo ainda na pré-temporada (em dezembro) e não fez sua estreia.

Seguem fora por contusão: o goleiro Igor (rompeu os ligamentos do tornozelo esquerdo) por pelo menos mais três semanas, o zagueiro Walter (lesão grau 2 no músculo posterior da coxa direita) por mais 15 dias, o volante Levi (joelho esquerdo) por até 10 dias e o atacante Lucas Formiga (fratura na fíbula e rompimento dos ligamentos do tornozelo esquerdo), que está fora da competição. O período de recuperação é de 45 a 60 dias.

Assim como ontem (dia 21), os treinos de hoje (22) e amanhã (23) acontecem no período da manhã.