Novo Nissan Versa estreia em junho no Brasil apostando no design mais agressivo e tecnologias de se

A nova geração do Nissan Versa já tem data para estrear no Brasil. Importado de Aguascalientes, no México, o sedã chega em junho para esquentar ainda mais o segmento de Chevrolet Onix Plus, Hyundai HB20 S, Toyota Yaris Sedan e Volkswagen Virtus.

O modelo será vendido em mais de uma versão por aqui. O design agressivo e mais esportivo e o pacote de segurança são os grandes destaques.

Com a mesma plataforma V do modelo antecessor, o sedã está quatro centímetros maior no comprimento (4,53 metros), 4,5 cm mais largo e 5,8 cm mais baixo. O entre-eixos sai de 2,60 m para 2,62 m. O porta-malas, no final das contas, cresceu de tamanho: pula de 460 para 482 litros. O modelo mexicano, por sua vez, tem “apenas” 425 l.

O motor para toda linha será o conhecido 1.6 flex do Kicks. Porém, em vez dos 114 cv, o Versa virá com 118 cv. A transmissão é a automática CVT. O câmbio manual não está descartado na versão de entrada.

Já o interior vai assumir a identidade que vemos no Kicks. Central multimídia com tela de 7 polegadas e o painel de instrumentos parcialmente digital são alguns elementos. A segurança também foi reforçada.

A versão topo de linha, que deve atender pepal sigla SV, virá com Nissan Intelligent Mobility, um conjunto de tecnologias que engloba alerta de mudança de faixa, assistente de frenagem de emergência, sistema de ponto cego, visão 360° com detector de movimento, alerta de atenção do motorista, sistema de monitoramento de pressão dos pneus e alerta de tráfego cruzado na traseira – e também controle de cruzeiro adaptativo.

E o Versa atual?

A geração atual continuará sendo produzida em Resende (RJ), porém adotará o nome V-Drive. A nomenclatura vem acompanhada de redução de versões na linha.

O foco é rivalizar com Renault Logan, Ford Ka Sedan e Fiat Cronos. A marca não confirmou quanto tempo as duas gerações vão conviver no Brasil.

O Nissan Versa foi lançado no Brasil em 2011 - vindo do México. Em 2015, o facelift apareceu junto com a produção nacional. A última atualização recebeu finalmente o câmbio automático CVT.

O ano de melhor desempenho em vendas foi 2017, com 27.993 unidades. Em 2019 foram 21.779 emplacamentos.