Cratera abre na SP-333, veículos caem e mata funcionário de concessionária

Rodovia está interditada por tempo indeterminado e desvios foram criados para motoristas que utilizam a SP-333

 

Por Matheus Brito / Fotos: Edio Junior

O supervisor da concessionária Entrevias, Cláudio de Góes Machado, de 59 anos, morreu após cair em uma cratera que abriu na madrugada de terça-feira (11) na rodovia Dona Leonor Mendes de Barros (SP-333), em Marília. Um caminhão de bebidas também se acidentou, mas o motorista pulou e não sofreu ferimentos.

A cratera com aproximadamente de 24 metros abriu por volta da 1h30 na altura do quilômetro 308 da rodovia. “Foi um volume de água não previsto. O sistema colapsou e rompeu a rodovia. Isso nunca havia acontecido e ainda estamos apurando a causa desse incidente”, disse o gerente de engenharia da Entrevias, Fábio Milano.

O caminhão de um empresa de bebidas e o carro da concessionária caíram na cratera. O veículo foi encontrado apenas pela manhã após o nível da água baixar. Góes ficou preso no automóvel e morreu no local. Já o motorista do outro veículo conseguiu pular e não sofreu nenhuma lesão.

“Ainda não sabemos a dinâmica do acidente. Acreditamos que o conduto do caminhão tenha percebido o grande volume de água e desembarcou do veículo antes de ser tragado pela cratera. O outro veículo, por ser da concessionária, suponhamos que estava em inspeção de rotina ou no atendimento da ocorrência”, relatou o capitão Daniel Demétrio.

A cratera interditou a rodovia por tempo indeterminado. O motorista que segue no sentido Marília – Ribeirão Preto, no quilômetro 314 vai ingressar na rodovia Transbrasiliana (BR-153) e seguir até Lins, onde deve pegar a Marechal Rondon (SP-300) até o quilômetro 414 para depois retronar para a SP-333.

Já o usuário que trafega no sentido Ribeirão Preto – Marília vai pegar o desvio no quilômetro 299, em Júlio Mesquita, e seguir pela rodovia SP-349 até Garça, onde pode reingressar na Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294).