Ainda sem reforços, MAC perde três atletas lesionados

Suspeita é que o goleiro Igor tenha rompido os ligamentos do tornozelo esquerdo em Batatais

Por Jorge Luiz/foto: Edio Jr.

Apesar de ter estreado com empate em Batatais (1 a 1), o técnico Guilherme Alves terá problemas para escalar o Marília Atlético Clube (MAC), para o jogo de amanhã (dia 12), contra o EC São Bernardo, às 20h, no estádio Bento de Abreu.

Três jogadores se machucaram após a partida e irão desfalcar o time por alguns dias. O caso mais grave é do goleiro Igor. No lance em que falhou no gol do adversário, o arqueiro virou o pé esquerdo e a suspeita é de rompimento dos ligamentos.

A situação do centroavante Rafael Amoroso também preocupa. Autor do primeiro gol maqueano no Campeonato Paulista da Série A-3, o jogador sofreu uma lesão no joelho direito.

Já o zagueiro Rodrigo Lacraia foi substituído no começo do segundo tempo, com uma contusão no músculo posterior da coxa direita. Os três realizaram exames de ressonância magnética ontem à noite e hoje os resultados serão divulgados.

“O caso do Igor é bem preocupante e já estamos atrás de um goleiro, mas eu receio muito da ressonância do Amoroso. Ele sentiu e parece que é menisco. A gente vai torcer muito para não ser o que esperamos. Não temos outro atleta no elenco com característica de centroavante. Se no exame der que ele vai ficar de 15 a 30 dias fora, complicou bastante, porque não vamos poder tirar a inscrição dele para inscrever outro”, destacou o técnico Guilherme Alves.

O treinador lamentou não ter conseguido trazer ainda nenhum reforço para o jogo de quarta-feira.

“Eu dei um nome agora pouco para o Diego (Cope, diretor executivo) de um meia, mas acho muito difícil sair. Nós tínhamos um nome de um atacante de área, mas já tivemos a negativa do empresário. Vai ser muito difícil, mas agora com essa situação do Amoroso, o centroavante eu preciso trazer. Até quarta-feira eu preciso tê-lo aqui. Nem que seja um atleta que não venha fazendo gols, mas que seja jovem e esteja em atividade, para eu poder fazer o trabalho que eu fiz com o Amoroso”, destacou.

Outros dois jogadores que estão no departamento médico há mais tempo, também não irão ficar à disposição de Guilherme Alves. O volante Levi realizou uma artroscopia no joelho direito na última quarta-feira (dia 5) e só volta aos treinos entre 15 e 20 dias.

Já o meia-atacante Kelvy faz hoje um ‘Raio-X’, para saber como está a recuperação da fratura da fíbula. Ele sofreu a lesão no dia 27 de dezembro, em um jogo-treino em Monte Azul.

Último treino

Hoje pela manhã (11), acontece o último treino antes da partida. No trabalho de ontem à tarde, o técnico do Marília fez duas mudanças forçadas na equipe titular. O goleiro Thiago Moraes entrou na vaga do lesionado Igor e o volante Mykaell atuou no lugar do zagueiro Rodrigo Lacraia, que está contundido.

O time foi a campo com: Thiago Moraes; Lazarini, Walter, Hítalo e Edu Pina; Mykaell, Fabrício, Bruno Ribeiro e Rafael Sayão; Lucas Formiga e Carlos André.