Volkswagen registra a picape Tarok, rival da Fiat Toro

A Volkswagen do Brasil disse que “divulgará mais detalhes no momento adequado”, mas que “o modelo está planejado para ser lançado no mercado brasileiro no futuro próximo com apenas algumas modificações”.

A Volkswagen registrou o desenho da picape Tarok no Instituto Nacional da Propriedade Industrial, o INPI. O modelo, que chegará até o final deste ano para concorrer diretamente com a Fiat Toro, já foi apresentado em forma de conceito no Salão do Automóvel de São Paulo de 2018. A Volkswagen do Brasil disse que “divulgará mais detalhes no momento adequado”, mas que “o modelo está planejado para ser lançado no mercado brasileiro no futuro próximo com apenas algumas modificações”. A marca afirmou ainda, na mesma nota, que “o potencial dessa nova picape é tão grande que o conceito também poderia se adequar a outras regiões do mundo”. O desenho do modelo registrado segue fielmente o apresentado no conceito, com exceção de alguns detalhes que aparentam ter ficado mais “reais”. O principal exemplo é a configuração de rodas e pneus que, no conceito, tinham vocação “lameira”. É possível que até seu lançamento oficial a picape sofra mais alterações. A picape que foi exibida no Salão de São Paulo, possui 4,90 metros de comprimento e 3 metros de entre-eixos. A capacidade de carga é de 1 tonelada. Coincidência (ou não), são medidas idênticas às da Toro. O conceito era equipado com motor 1.4 turbo de 150 cavalos. Mas a Volkswagen deve apostar na versatilidade para conquistar o público. O show-car exibiu soluções interessantes, como entrada USB e tomadas em um nicho na caçamba. O sistema mais interessante é o de rebatimento dos bancos traseiros, aliado a uma espécie de “fundo falso” na carroceria. Basta abaixar uma tampa que o compartimento de cargas ganha quase 1 metro extra de profundidade. Plataforma comum A Tarok será mais um modelo a usar a plataforma MQB. Da linha atual da marca, Polo, Virtus, Jetta e Tiguan já utilizam a base. No entanto, como trata-se de uma picape, um veículo que é voltado para o trabalho, a Volkswagen afirma que promoveu uma série de mudanças para aumentar a robustez do veículo. A marca ainda não confirmou em qual das unidades irá produzir o modelo. Hoje, São Bernardo do Campo (SP) e São José dos Pinhais (PR) já recebem a plataforma.