Ações da Dise prendem dupla com maconha e dinheiro na zona Sul

Desempregado surpreendido com drogas já havia sido preso em ofensiva contra o tráfico em outubro do ano passado na favela do Toffoli

Por Matheus Brito / Fotos: Divulgação

Um desempregado de 19 anos e um adolescente de 17 anos foram presos por policiais civis da Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) após serem flagrados com porções de maconha e dinheiro na manhã de terça-feira (3) no conjunto de apartamentos da CDHU e no bairro Nova Marília IV, ambos na zona Sul.

A primeira ação ocorreu no conjunto de apartamentos. Policiais civis identificaram ponto de comércio de drogas no bloco L1 e surpreenderam o adolescente com um saco plástico com nove porções de maconha. Em revista pessoal, os investigadores da Dise localizaram outro saco no bolso da bermuda com mais 12 trouxinhas da droga e R$ 23 em dinheiro.

“As porções de entorpecentes estavam embaladas no formato de bananinhas. O adolescente confessou que vendia as porções menores por R$ 5 e as maiores por R$ 10, mas não delatou de quem teria recebido a droga”, disse o delegado Luís Marcelo Perpétuo Sampaio.

Na sequência, os policiais se deslocaram para “biqueira” de drogas na rua Anelda Volta Brazini e detiveram o desempregado com três porções de maconha e R$ 20 em dinheiro. Em varredura num terreno baldio foram apreendidas outras 29 trouxinhas do entorpecente.

“Esse indiciado já havia sido preso pela Dise em outubro do ano passado numa ofensiva contra o tráfico de entorpecentes na favela do bairro Toffoli”, afirmou Sampaio.

O desempregado foi indiciado em flagrante pelo crime de tráfico de entorpecentes e recolhido para a penitenciária de Marília. Se condenado, ele pode pegar uma pena de até 15 anos de prisão em regime fechado.

Já o adolescente foi encaminhado para audiência de custódia na Vara da Infância e Juventude de Marília.