Artista de Marília colhe bons frutos em 2019

Mário Milani lançou obras literárias, musicais e, agora, aposta no teatro

O ano de 2019 está sendo muito produtivo para o escritor e compositor Mário Milani. Entre suas conquistas, destaca-se o feito de ter duas músicas na primeira e na segunda edições do CD Barretos 2019, as quais integram a programação de diversas rádios e estão disponíveis nas mídias digitais. Além disso, o artista também publicou sua 11ª obra literária.

O compositor explica que, além do estilo country, temas socioambientais e culturais o inspiram. Muitos de seus trabalhos viraram trilha sonora para filmes e documentários em parceria com intérpretes de Marília e região, como Alex Vernasque, Fabrício e Fabiano, Marcos Gimenes, Laerte Marques, Flávio Marcondes, Zeca Collares, Erich e Thiago Peiruti, dentre outros.

Sua composição mais recente, a música “A Lua já foi Terra”, chamou a atenção do

cantor Rodrigo Murbach, morador da cidade de Terra Roxa, no estado do Paraná. O artista se tornou famoso por ter a voz idêntica à do cantor Raul Seixas.

O que despertou o interesse de Murbach foi a riqueza da composição, pois a ouviu no momento em que as queimadas da Amazônia viraram notícia e preocuparam a comunidade internacional.

Mas a gota d’água para o cantor fenômeno nas mídias sociais se interessar em gravar a música consistiu na declaração da jovem Greta Thunberg em recente encontro da ONU.

Na ocasião, ela chamou a atenção dos governantes no mundo no tocante a qualidade de vida e o futuro das nações.

Em um dos trechos da composição, Mário Milani aponta os problemas ambientais: “Onde tinha árvores, o Homem cortou. Onde tinha rios, o Homem secou. (...) Que a Lua já foi Terra e a Terra já foi Lua!”

Milani criou essa metáfora após ter um sonho, no qual encontrou São Jorge na Lua. E já traça, com alguns amigos do ramo de teatro, planos para 2020: escrever a peça “Crônicas Motivacionais no Teatro”, com três atos (encenação, palestra e musical). Para Milani, “trata-se de mais uma grande oportunidade de expor talentos culturais da cidade e região.”