Técnico do Marília diz que times do Nordeste são incógnitas na Copinha

Maquinho faz jogo-treino hoje, às 10h, contra o Novorizontino, fora de casa

Por Jorge Luiz/foto: Matheus Dahsan

Os adversários do Marília Atlético Clube (MAC) na Copa São Paulo Junior de 2020, foram definidos na última quinta-feira (dia 28). Santos, Olímpico-SE e Timon-MA estão no ‘Grupo 2’, com sede em Marília.

Para o técnico Daniel Sabino, no momento é difícil fazer uma análise dos dois concorrentes nordestinos e afirmou que o Peixe é o grande favorito da chave.

“Primeiro vamos buscar informações desses dois clubes, para saber como conseguiram essa vaga na Copinha e como estão estruturados. O Santos todos conhecem, é uma potência e uma das principais bases do Brasil. Nunca um clube grande de São Paulo veio para Marília e acredito que a visibilidade será ainda maior, com a transmissão das TVs”, comentou Sabino.

Apesar de desconhecer Olímpico-SE e Timon-MA, o treinador sabe que o Maquinho tem a obrigação de ficar com uma das duas vagas de classificação.

“Teoricamente o clube que joga em casa tem a obrigação de se classificar, ainda mais que nos últimos anos o MAC sempre passou da 1ª fase. Porém, vamos respeitar todo mundo, pois todos veem com o sonho de chegar pelo menos até a 2ª fase. Hoje o futebol é muito tático e você tem muita informação sobre todo mundo”, lembrou.

Daniel Sabino vai comandar o Maquinho na Copa São Paulo pela terceira vez consecutiva. Em 2018, o time foi eliminado na 2ª fase para a Desportiva-PA e nesta temporada a equipe caiu na 3ª etapa para o Cruzeiro (3 a 0). Ambas as edições aconteceram no estádio Bento de Abreu.

Preparação

Hoje (dia 30), o Marília faz um jogo-treino, às 10h, contra o Novorizontino, em Novo Horizonte. O adversário está no ‘Grupo 4’ da Copinha, que acontece em Bauru e terá as seguintes equipes: Noroeste, Visão Celeste-RN e Botafogo-RJ.

O MAC tem duas dúvidas para o amistoso. Na zaga entre Alysson ou Danilo e no ataque entre Gustavo Nescau e Vitor.

O provável time será: Jean; Dagoberto, Alexandre, Alysson (Danilo) e Felipe Mello; Gustavo, Tico e Matheus Coruja; Diego Carvalho, Liniquer e Gustavo Nescau (Vitor).

“Nosso elenco é bastante jovem, com bastante atletas abaixo da idade limite para a Copinha. Vejo que nossa vantagem em relação ao grupo que jogou 2019, é que a maioria deles fez bastante partidas oficiais nesta temporada, apesar de uma parte não ter podido jogar algumas competições. Temos cerca de 40 dias para dar uma cara a essa equipe”, frisou Daniel Sabino.

Neste mês, o Maquinho foi vice-campeão dos Jogos Abertos do Interior, que aconteceram na cidade (perderam a final para Tanabi). Foram campeões dos Jogos Regionais de Assis, semifinalista dos Jogos da Juventude (Sub-17) em maio, em Marília e chegaram até as oitavas de final do Paulista Sub-20 da 2ª Divisão.