Procon orienta consumidores para evitar problemas na liquidação

A liquidação acontece nesta sexta-feira; comércio vai abrir até às 22h

A liquidação chamada de Black Friday pelo comércio, acontece nesta sexta-feira (29) e o Procon orienta os consumidores para evitar problemas no momento das compras.  A data, que foi adotada pelo consumidor brasileiro há poucos anos, se apresenta como boa oportunidade de negócios mas exige cautela. As lojas do comércio de Marília abrem até às 22h na sexta e no sábado até às 17h.

O coordenador do Procon de Marília, Guilherme Moraes, afirma que os  consumidores não devem se empolgar tanto com as promoções e campanhas relâmpago. Ele explica que agora o importante é que os consumidores acompanhem os preços, checando os valores econdições.

 “Assim dá para saber se na Black Friday aquela promoção realmente é promoção”, disse. Uma das dicas do Procon é ficar atento aos preços e monitorar o comportamento das lojas. Outra orientação é não comprar nada com dúvida. “Na dúvida, não compre”, salientou o coordenador.

O Procon recomenda ainda que o consumidor faça uma lista do produto ou serviço que precisa ou deseja e estipule um limite de gasto, evitando assim gastar mais do que o previsto. Segundo Guilherme Moraes, importante também é fazer uma pesquisa de preços por meio de aplicativos e sites de comparação de preços,  observar o prazo de entrega e informar-se antecipadamente sobre a política de troca da empresa são atitudes que ajudam a evitar problemas.

“O consumidor deve evitar clicar em links e ofertas recebidas por e-mail ou redes sociais, fazendo sempre a consulta da página oficial da loja, de preferência digitando o endereço do site. Os produtos expostos nas vitrines devem apresentar o preço à vista e, se vendidos a prazo, o total a prazo, as taxas de juros mensal e anual, bem como o valor e número das parcelas”, orienta.

Qualquer produto, nacional ou importado, deve apresentar informações corretas, claras e em língua portuguesa sobre suas características, qualidade, quantidade, composição, preço, garantia, prazo de validade, origem, além dos riscos que possam apresentar à saúde e segurança dos consumidores.

Nas compras feitas em sites, após escolher o produto ou serviço, o consumidor deve verificar se o preço será alterado no carrinho virtual ou se o valor do frete é muito mais alto que o habitual. “Vários produtos são colocados em evidência na Black Friday, contudo os eletrônicos, smartphones, televisores e produtos de informática acabam sendo os mais visados. Os consumidores de Marília que tiverem alguma dúvida, a orientação é para nos procurar e um dos canais do Procon é a fanpage no Facebook. Reiteremos que: na dúvida, não compre”, concluiu.

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, em compras feitas fora do estabelecimento, o consumidor tem sete dias para “se arrepender”, cancelar a compra, devolver o produto e pedir o dinheiro de volta (o prazo passa a contar da data da compra ou da entrega do produto).