Prefeitura nega atraso no repasse de verba para Liga de Futebol

Ontem e hoje seriam realizadas as rodadas da Copa Master e do Campeonato da 1ª Divisão

Por Jorge Luiz/foto: Wilson Ruiz

A Prefeitura Municipal de Marília se manifestou ontem (dia 23) sobre o atraso no pagamento dos árbitros do futebol amador, que resultou na suspensão das competições, que seriam realizadas neste fim de semana da Copa Master e Campeonato da 1ª Divisão, de acordo com informação da Liga Desportiva de Marília (LDM). O Poder Público negou o débito através de nota oficial

“A Prefeitura de Marília, através da Secretaria da Fazenda, informa que os pagamentos para a Liga de Futebol Amador de Marília estão devidamente em dia. O vencimento do mês passado (outubro), somente não foi realizado ainda, porque houve um atraso no envio da documentação para pagamento. Os documentos chegaram na Prefeitura somente na última quarta-feira (20), devendo ainda passar pelos tramites legais internos e ai sim realizar o pagamento nessa próxima semana. Portanto, com base nessas justificativas, não haveria motivos para o cancelamento da rodada ou jogos por parte da organização”.

O secretário municipal de esportes, Eduardo Nascimento, explicou que não é a prefeitura quem paga os árbitros.

“A relação prefeitura e árbitros não existe. Existe prefeitura e Liga, que é quem contrata os árbitros e repassa a verba. A Liga é uma prestadora de serviços da prefeitura, que ganhou a licitação. Para que a Liga receba o dinheiro, o serviço precisa ser executado primeiro e depois verificado pelo Poder Público. Após tudo isso, é emitida uma nota pela Liga e a prefeitura faz o repasse para a entidade, que destina o valor para o custeio de despesas referentes à organização e execução do contrato, que não envolve só pagamento de árbitros”, revelou.

Entenda o caso

Na matéria publicada na edição de ontem (23) do JM, o presidente da Liga, Alex Marques de Sousa, disse que todas as competições varzeanas foram suspensas na sexta-feira (22), porque os árbitros se negaram a trabalhar por atraso no salário.

O dirigente falou que o atraso se refere a parte de setembro e outubro inteiro. Os árbitros são contratados da região (Lins e Assis) e a Prefeitura Municipal arca com 50% das despesas com as categorias adultas e 100% das competições de base.

“Entramos em contato com a prefeitura e a resposta foi que estão sem recursos para fazer os pagamentos. Esperamos na próxima semana ter uma nova reunião, para tentar definir essa situação o mais rápido possível”, explicou Alex Marques de Sousa, na edição de ontem. Ontem e hoje seriam realizadas as rodadas da Copa Master e do Campeonato da 1ª Divisão.