Acusado de matar jovem em festa se entrega à Polícia Civil

Autônomo Luís Felipe Madureira Pereira, de 23 anos, foi alvejado na região do pescoço e morreu ainda na chácara

Por Matheus Brito / Foto: Divulgação

O autônomo Douglas Cândido Jordão, de 29 anos, também conhecido como “Hulkão”, se entregou à Polícia Civil na segunda-feira (18). Ele é acusado de efetuar disparos que mataram o jovem Luiz Fernando Madureira, de 23 anos, e feriram outras duas pessoas em uma festa numa chácara em Pompéia (cerca de 30 quilômetros de Marília), no último dia 10.

“Hulkão” se apresentou na Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Marília e em depoimento confessou o crime. “Ele alegou que fez os disparos em legítima defesa, pois estava sendo ameaçado por um dos rapazes que foi baleado”, disse o delegado Cláudio Anunciato.

 “Hulkão” teve a prisão temporária decretada e foi recolhido para a penitenciária de Marília. Ele deve ser indiciado pelos crimes de homicídio qualificado e duas tentativas de assassinato. Somadas, as penas podem chegar até 70 anos de reclusão.

O outro suspeito do crime, Ivan Lucas, também esteve na CPJ e também foi ouvido. “Não temos elementos para comprovar a sua participação efetiva no crime. Vamos verificar as divergências nos depoimentos e aguardar os laudos periciais para concluir a investigação”, finalizou o delegado.

Caso – O crime ocorreu na manhã do dia 10 de novembro, por volta das 5h30. O fazendeiro Paulo Afonso da Silva Serrano, de 19 anos, teria tido uma discussão com outros dois homens.

“Hulkão”, foi até o carro e retornou armado com um revólver. O criminoso efetuou vários disparos. O autônomo Luís Felipe Madureira Pereira, de 23 anos, foi alvejado na região do pescoço e morreu ainda no local.

Serrano foi atingido nas costas, ombro e nuca, e foi socorrido em estado grave para o Hospital das Clínicas (HC) de Marília, onde passou por atendimento médico e foi liberado.

O estudante Giuseppe Louis Cavalieri Colussi, de 26 anos, também foi alvejado na coxa. Ele foi socorrido para a Santa Casa de Pompéia e recebeu atendimento médico.