Chevrolet convoca recall de todas as unidades do sedã Onix Plus 2020 por risco de incêndio

Ao menos dois casos já foram registrados - um deles no próprio pátio da empresa, em Gravataí (RS).

Depois de suspender as entregas do sedã Onix Plus, a Chevrolet convocou na última quarta-feira (6) todas as unidades do veículo que foram entregues até o momento para comparecerem em concessionárias da marca e reparar um problema que pode causar incêndio no modelo.

 

De acordo com comunicado emitido pela General Motors, “em condições muito específicas de pressão atmosférica, temperatura ambiente, umidade relativa do ar e composição do combustível, (...) o software de gerenciamento do motor pode, eventualmente, apresentar uma falha, com risco de danos ao motor e potencial incêndio”.

 

Ao menos dois casos já foram registrados - um deles no próprio pátio da empresa, em Gravataí (RS).

 

O problema pode ser resolvido com a atualização do software de gerenciamento do motor.

 

A empresa não disse quanto tempo leva o processo, mas afirmou que “a execução é rápida”.

 

De acordo com a fabricante, todas as unidades do Onix Plus vendidas até o momento serão convocadas para retornarem às concessionárias e ficarão imobilizadas, já que não há previsão para a atualização do sistema que corrige o problema. 

 

A Chevrolet também disse que irá fornecer carro reserva para todos os clientes que deixarem seus veículos nas concessionárias “até que o procedimento de atualização do software seja efetuado”. Segundo a empresa, o agendamento para recall está disponível em toda a Rede Chevrolet e na Central de Relacionamento Chevrolet pelo telefone 0800-702-4200. Todas as unidades do Onix Plus foram convocadas.

 

A fabricante não informou o número exato de unidades. O Onix Plus foi lançado em setembro como sucessor do Prisma, que já era o sedã mais vendido do país em 2019. Desde o lançamento até outubro, o novo modelo teve 8.775 unidades emplacadas, de acordo com a Fenabrave, associação das concessionárias.