Maquinho pode ser o 1º clube do interior campeão do Paulista Sub-13

Marília eliminou o Santos na semifinal e vai pegar o São Paulo na decisão, com 2º jogo no Abreuzão

Por Jorge Luiz/foto: Matheus Dahsan

Marília Atlético Clube (MAC) pode não só conquistar o título inédito do Campeonato Paulista Sub-13, mas entrar para a história, sendo a primeira agremiação do interior a ser campeã.

O primeiro jogo da final contra o São Paulo será neste domingo (dia 10), às 10h30, no CT de Cotia. Em 14 edições realizadas deste estadual de base, só três times levantaram o troféu. O maior vencedor é o Santos com seis taças, seguido de Corinthians (4) e Palmeiras (3).

Nem o São Paulo nunca foi campeão do Paulista Sub-13 e contra o Maquinho, chega somente pela segunda vez a uma decisão. A primeira foi no ano passado, perdendo o título para o Palmeiras, adversário que eliminou na semifinal do último domingo (dia 3), fora de casa, com o empate de 3 a 3.

No primeiro jogo, o Tricolor havia ganhado por 3 a 1 como mandante.

A exemplo do São Paulo, o MAC também vai para a sua segunda final do estadual sub-13. Em 2014, perdeu a decisão do título para o Santos, adversário que eliminou na semifinal do fim de semana, nos pênaltis (5 a 3), depois do 0 a 0 nas duas partidas.

Aliás, 2014 foi a última vez que um clube do interior decidiu um título desta categoria. Apenas outras três equipes – sem contar os ‘4 Grandes’ – chegou a uma final: União Barbarense (2007 e 2010), Primavera/Indaiatuba (2009) e Independente (2011).

Decisão no Abreuzão

Por ter feito melhor campanha na somatória de todas as fases, o Maquinho terá a vantagem de fazer o segundo jogo como mandante, no estádio Bento de Abreu, no dia 17 (domingo), às 10h30. O primeiro confronto neste fim de semana acontece no CT de Cotia, no mesmo horário.

O regulamento para a final permanece: em caso de dois empates ou uma vitória para cada lado, pela mesma vantagem de gols, a decisão do campeão será realizada nos pênaltis. Foi dessa maneira que o Maquinho passou pelo Santos na semifinal do último domingo (dia 3), no Abreuzão.

No tempo normal dos dois jogos o placar terminou em 0 a 0 e nas cobranças a vitória veio por 5 a 3. O meia Dérick bateu a penalidade que deu a classificação maqueana.

Já o São Paulo eliminou o Palmeiras na semifinal, com a vitória em casa por 3 a 1 e empate no fim de semana em 3 a 3.

Nas 18 partidas realizadas até aqui neste estadual de base, o Tricolor teve um aproveitamento de 74% dos pontos conquistados com: 13 vitórias, um empate e quatro derrotas. Já o Marília tem um rendimento de 83,3%, pois ganhou 14, empatou três e perdeu apenas uma.