Vendedores ambulantes que vão trabalhar no feriado de Finados têm até hoje para fazerem cadastros

O plantão de atendimento dos fiscais de posturas da Prefeitura acontece em frente ao portão principal do campo-santo

 

Os vendedores ambulantes que vão trabalhar no feriado de Finados, defronte ao Cemitério da Saudade, têm até esta sexta-feira (1º) para fazerem seus cadastros. O plantão de atendimento dos fiscais de posturas da Prefeitura acontece em frente ao portão principal, das 9h às 12h e das 14h às 17h. Os interessados devem apresentar, necessariamente, RG e CPF.

Vasos, flores, velas, placas e outros produtos do gênero estarão à venda em um determinado espaço, na avenida da Saudade. Em outro setor, poderão ser comercializados alimentos como pastéis, cachorros-quentes, salgados em geral e bebidas. Na rua lateral do cemitério, a Nossa Senhora Aparecida, trailers de lanches e pastéis vão ser instalados. As vendas de melancia e de caldo-de-cana também deverão acontecer.

Mais de 50 comerciantes (legalizados) deverão marcar presença nas proximidades do Cemitério da Saudade no sábado (2) e domingo (3)

Visitas

O cemitério da Saudade funciona das 7h às 18h. Vale lembrar que a limpeza de túmulos fica permitida até mesmo no Dia de Finados, amanhã. Apenas obras não podem mais serem feitas.

Mais de 40 mil pessoas devem visitar os túmulos do cemitério nos dois dias de feriado.

A Emdurb (Empresa Municipal de Mobilidade Urbana) vai coordenar o trânsito nas imediações do cemitério e a Polícia Militar também deverá marcar presença para garantir a segurança no local.

Servidores da Saúde estarão passando informações aos visitantes para evitar o aparecimento de criadouros do mosquito Aedes aegypti, tramissor de doenças como a dengue, chikungunya, zika vírus e febre amarela.

Aproximadamente 100 mil pessoas foram sepultadas no Cemitério da Saudade. Como acontece há muitos anos, os túmulos mais visitados devem ser do “Robin Hood” de Marília: Pé-de-Veludo - o bandido que roubava dos ricos e dava aos pobres, da garota Iracema – que foi violentada e morta, em caso que chocou a cidade e do jovem pianista Antônio Carlos – morto vítima de um câncer.