Jornada de Cidadania começa na segunda

Acontece a partir de segunda-feira a 7ª Jornada de Cidadania e Empregabilidade do Centro de Ressocialização de Marília. Neste ano, entre as novidades estará o plantio de mudas de árvores para uma integração entre os reeducandos e a sociedade, que é convidada a participar.

Os reeducandos estão aptos a deixar o Centro de Ressocialização para trabalho e estudo, atendendo a todas as normas de segurança, como a tornozeleira eletrônica. O diretor técnico, Anderson Faria, e a diretora administrativa, Camila Rodrigues, mencionaram que a cidadania e a empregabilidade dependem do fator ressocialização, daí a abertura do CR às pessoas que queiram participar da jornada.

O evento acontece pela sétima vez, sendo duas edições por ano. Entre os serviços oferecidos estarão palestras com temas variados, atendimento jurídico, verificação da pressão arterial, testes de glicemia, emissão de segunda via do RG, de certidões e da carteira de trabalho.

Serão plantadas seis mudas da Árvore da Vida (espécie Moringa oleífera). O nome vem dos seus múltiplos benefícios para saúde e pela capacidade nutritiva. A iniciativa partiu dos professores que ministram aulas no interior do CR, visando o concurso da Defensoria Pública da União que teve como tema o Meio ambiente.

As mudas serão plantadas no exterior da Unidade Prisional, proporcionando integração e ressocialização. A abertura da jornada acontece na segunda-feira (15), a partir das 9h30. O CR fica na rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, no km 465.

A unidade possui 205 reeducandos, que são de Marília e também da região. Mais informações sobre a participação da população podem ser obtidas pelo telefone 3425-2888.