Processo eleitoral registra 3.490 votos

Diário Oficial publica os eleitos e a classificação dos candidatos

O CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente) publicou no Diário Oficial de Marília (edição de 8 de outubro) a classificação dos 50 candidatos a conselheiros tutelares, com número de votos.

Ao todo, 3.490 eleitores compareceram para votar no último domingo (6). Os dez mais votados são os eleitos, assumindo a função no dia 10 de janeiro de 2020.

O candidato com maior número de votos foi Suelaine Cristina de Matos (365), sendo reeleita junto com mais seis conselheiros: Rosemeire Moreno Leal de Oliveira, (217 votos); Ana Paula da Silva Carmo (201 votos); Sandra Regina Dias da Silva (147); Liozina de Almeida Saraiva (122); Vanessa Isidio Teodoro Precioso (106 votos) e Maria Aparecido Amancio Monjoia (92).

Os outros três conselheiros são novos no cargo, tendo sido eleitos: Rodrigo de Oliveira (265 votos); André Luiz Martins (121 votos) e Sebastião Teles de Menezes (115), que ocupa função de suplente na formação atual do Conselho Tutelar.

Os dez conselheiros tutelares com mandato até 9 de janeiro de 2024 serão empossados pelo prefeito Daniel Alonso no dia 10 de janeiro do ano que vem.

Os outros 40 candidatos ficam como suplentes com classificação pela ordem de votos. O primeiro suplente é Caio Henrique da Silva Oliveira, que teve 89 votos.

Do total de 3.490 eleitores que participaram do processo eleitoral no último domingo (adesão opcional), houve dois votos nulos (por erro) e um voto em branco. Cada um pôde escolher apenas um candidato entre os 50, por urna eletrônica.

A eleição aconteceu das 8h às 14 horas, na Escola Professora Sebastiana Ulian Pessini. Antes da votação, os candidatos tiveram que ser aprovados em um processo seletivo sobre o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).