Hemocentro entra em estado de alerta

Na semana passada o estoque de O negativo chegou a zerar

O Hemocentro entrou em estado de alerta e precisa reforçar o estoque dos tipos sanguíneos A negativo e O negativo.

 

O motivo é a alta demanda de pacientes por transfusões nos últimos dias.

 

Além disso, as doações do tipo O positivo também estão em falta.


Na semana passada o estoque de O negativo chegou a zerar, mas o acionamento de doadores funcionou e a situação foi contornada.

 

Ontem (dia 16) havia dez bolsas desse tipo sanguíneo, assim como de A negativo, que também entrou em escassez.


O motivo foi a grande necessidade transfusional de pacientes com esses dois tipos de sangue.

 

“E as demandas continuam. Neste sentido, continuamos intensificando as doações para esses tipos sanguíneos. E o estado de alerta é também para o tipo O positivo porque o número de bolsas vem caindo progressivamente”, disse a assistente social do Hemocentro, Lucimara Faustino.


O horário de funcionamento do Hemocentro de Marília é das 7h às 13 horas, de segunda a sábado.

 

O endereço é rua Lourival Freire, nº240, ao lado do Fórum.

 

Por Carolina Godoy/Foto: Alexandre Lourenção/JM