Najila é indiciada por extorsão e denunciação caluniosa contra Neymar

A defesa de Najila disse que não teve acesso ao relatório

A Polícia Civil de São Paulo indiciou hoje a modelo Najila Trindade pelos crimes de denunciação caluniosa, fraude processual e extorsão. 

 

A decisão foi tomada pela delegada Monique Lima, do 11º DP, após a conclusão dos dois inquéritos, que tramitavam em conjunto com a 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, envolvendo o atacante Neymar. 

 

A defesa de Najila disse que não teve acesso ao relatório e por este motivo não irá se manifestar no momento.