Marina Silva fala sobre Amazônia no #Provocações desta terça

Programa vai ao ar às 22h15, na TV Cultura, no YouTube e no aplicativo Cultura Digital

Marcelo Tas recebe, nesta terça-feira (10), a historiadora e professora Marina Silva - candidata à presidência do Brasil nas eleições de 2010, 2014 e 2018.

Ex-ministra do Meio Ambiente, a também ambientalista fala sobre a crise da Amazônia.

No #Provocações, Marina responde a uma questão chave: em sua maioria, os brasileiros nunca foram à Floresta Amazônica, como é possível, portanto, cuidar de algo que não se conhece? Nascida e criada em seringais do Acre, ela traz consigo grande conhecimento da região.

No programa, que vai ao ar às 22h15, na TV Cultura, no YouTube e no aplicativo Cultura Digital, Marina Silva fala também sobre a impunidade de crimes ambientais no Brasil: “Durante a minha juventude, até os meus 28, 27 anos, eu vi serem assassinadas 5 pessoas, né? O Ivair Higino, Calado, Elias, o Chico Mendes, o João Eduardo... Foram assassinados! Então era um luto atrás do outro, um choro atrás do outro, né? (...) É muita violência.

 E a violência ela acontece porque há uma expectativa, ou uma quase certeza, da impunidade.

 Quando essas figuras começam a ser punidas, principalmente os mandantes, aí as coisas começam a ficar mais, digamos, dentro de algum eixo legal”.