Condenado por estelionato é preso na zona Norte

Em um dos casos, o criminoso ainda tem 13 anos de prisão a cumprir, por vários delitos

O ajudante geral Gilberto Liberato da Silva, de 42 anos, foi capturado por policiais militares na noite de domingo (8) no bairro Marina Moretti, na zona Norte da cidade.

Ele era procurado pela Justiça após ser condenado a mais de um ano de prisão pelo crime de estelionato.

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), por volta das 22 horas, durante patrulhamento preventivo pela rua Demerval Pereira, os policiais militares suspeitaram do acusado.

Na abordagem, em consulta aos antecedentes criminais, constou mandado de prisão expedido pela Justiça de Getulina.

O ajudante geral foi condenado a um ano, três meses e 20 dias de prisão em regime semiaberto pelo crime de estelionato.

Silva foi recolhido para a penitenciária de Marília.

CPJ – O desempregado Maurício Viana de Souza, de 32 anos, se entregou espontaneamente na manhã de domingo (8) à Polícia Civil de Marília.

Ele era procurado pela Justiça acusado de se evadir da penitenciária de Franco da Rocha.

De acordo com informações da Polícia Civil, por volta das 11 horas, Souza compareceu a Central de Polícia Judiciária (CPJ) e declarou que havia se evadido da unidade prisional durante trabalho externo.

Em consulta aos antecedentes constou mandado de recaptura expedido pelo Decrim (Departamento Estadual de Execução Criminal) de Campinas.

O desempregado ainda tem a cumprir 13 anos de prisão por vários delitos.

Souza foi recolhido para o regime fechado da penitenciária de Marília.

 

 

Por Matheus Brito