Dia do Veterinário é comemorado dia 9

No dia 9 é comemorado o Dia do Veterinário, profissional imprescindível em toda cadeia produtiva

No dia 09 (segunda-feira) é comemorado o Dia do Veterinário, profissional imprescindível em toda cadeia produtiva e o bem estar animal. A medicina veterinária  existe no Brasil desde 1910, quando surgiram as primeiras universidades no país.

 

O exercício da profissão é regulamentado desde 1933 com a publicação do Decreto 23.133, que normatizou as condições e definiu os campos de atuação do médico-veterinário. O decreto foi publicado dia 9 de setembro e marcou a data de comemoração do Dia do Médico Veterinário.

 

Segundo o professor Fábio Manhoso, coordenador do curso de medicina veterinária da Unimar, a profissão é de grande importância para a sociedade,  já que cuida não apenas da saúde animal, mas também da saúde humana e do meio ambiente contribuindo com toda cadeia produtiva.  

 

“A medicina veterinária é uma profissão que cresce a cada ano e tem sido muito exigida pelo mercado, tendo em vista a exportação de produtos de origem animal. Vemos muito interesse dos jovens pela profissão”, disse Fábio Manhoso.

 

Hoje  são cerca de 110 mil veterinários atuando no Brasil, sendo 40 mil somente no Estado de São Paulo. O curso de veterinária da Unimar está entre os melhores do país e é responsável pela formação de profissionais que atuam nas mais diferentes áreas.

 

A medicina veterinária também se modernizou e hoje está mais tecnificada, com a utilização de diferentes equipamentos para  diagnóstico e atendimento. As áreas de atuação do profissional também são muitas, entre elas produção animal, apicultura, piscicultura, bioterismo, entre outras. Os cursos de aprimoramento em medicina veterinária, oferecidos pela Unimar, são o diferencial na carreira dos profissionais, que se destacam em todas as áreas de atuação. 

 

O curso de veterinária da Unimar terá uma série de ações para comunidade ao longo deste ano. No próximo dia 12, acontece o mutirão de castração, onde o Hospital Veterinário vai atender apenas emergências e todo corpo médico e de residentes vai realizar castrações eletivas. Os animais já foram triados indicados por duas ONGs (Organização Não Governamental) de Marília. 

 

Ao mesmo tempo vai acontece uma ação próximo ao Terminal Urbano, conscientizando a população da importância da vacinação antirrábica de cães e gatos. “O Ministério da Saúde sinalizou que deve haver falta de vacinas neste momento e vamos orientar a população que procure seu médico veterinário para vacinação. Temos excelentes vacinas nacionais e importadas”, disse Fábio Manhoso.

 

50 ANOS DO CONSELHO

 

Este ano é comemorado os 50 anos da lei que criou os conselhos regionais. O professor Fábio Manhoso esteve em Brasília esta semana reunido com os presidentes do Conselho Federal de Medicina Veterinária,  Francisco Almeida, e do Conselho Regional de São Paulo,  Mário Pulga, que parabenizaram os profissionais veterinários  de Marília e região, pelo que eles representam para categoria.

 

“Médicos veterinários de Marilia e região, parabéns pelo nosso dia. Vivemos uma nova era e muito ainda há por fazer. O CRMV-SP se manterá firme  na missão de deixar um legado de honra para as classes medica veterinária e zootecnista do Estado de São Paulo. Que sigamos trabalhando em prol da saúde animal, saúde humana e saúde ambiental. Continuem contando com seu conselho”, disse Mario Pulga, presidente do CRMV-SP.

 

Este ano a celebração dos 50 anos do CRMV-SP conta com uma programação especial.  Será realizada a terceira edição da Semana do Médico Veterinário com o tema “MV mais 50 – construindo no agora o futuro”, quando serão abordadas as áreas medicina veterinária de desastres, intensiva e do coletivo.

 

Uma solenidade especial contará com exposição de fotografias históricas, palestra com Leandro Karnal, homenagens a ex-presidentes do conselho, entrega de premio nas áreas de clinica medica veterinária, inspeção e tecnologia de alimentos e comportamento animal. Também haverá o lançamento do livro que conta historia dos 50 anos do regional para registrar, recontar e dar vida ao sonho dos pioneiros.

 

O presidente do Conselho Federal de Medicina Veterinária, Francisco Cavalcanti de Almeida, disse que os veterinários devem ter orgulho da profissão. “Desejamos a todos os colegas sucesso na nossa profissão, sucesso na vida e que tenham orgulho de nossa profissão, que ela trata não só dos animais, mas nosso objetivo é o bem estar da sociedade”, disse.