Contra líder e invicto, Marília tenta se manter no G-2 do Paulista Sub-20

Zagueiro João Espadoto deve fazer a estreia hoje, às 15h, contra o XV de Jaú

Para seguir no G-2 (zona de classificação) sem depender de outros resultados, o Marília Atlético Clube (MAC) terá que vencer hoje (dia 7), às 15h, pela 7ª rodada do Campeonato Paulista Sub-20 da 2ª Divisão. Porém, a missão é bastante complicada, pois o adversário é o líder XV de Jaú, que está invicto (quatro vitórias e um empate), no estádio Zezinho Magalhães.

O XV de Jaú tem 13 pontos e precisa somente de um empate para confirmar a classificação com duas rodadas de antecedência neste ‘Grupo 3’. O Maquinho está em 2º lugar com sete pontos, mesma pontuação da Santacruzense, para quem perdeu no jogo passado (1 a 0), no estádio Bento de Abreu. O Alviceleste só está à frente na tabela pelo saldo de gols (6 contra 1).

No primeiro turno, as duas equipes se enfrentaram no Abreuzão e o XV de Jaú venceu de virada por 2 a 1. Aliás, a campanha maqueana é melhor como visitante do que como mandante. Em três jogos em casa foram duas derrotas e um empate. Longe do Bento de Abreu o time tem uma vitória e um empate. “Perdemos pontos preciosos em casa e agora precisamos buscar fora. Pelas nossas contas, nessas últimas três rodadas, precisamos somar de seis a sete pontos para ficarmos com uma vaga”, declarou o técnico Daniel Sabino.

Somente os dois primeiros colocados se classificam, mas também há vagas para os quatro melhores terceiros lugares entre os seis grupos. Para enfrentar o XV de Jaú fora de casa, o treinador maqueano ganhou dois reforços: o zagueiro João Espadoto (futebol português) e o meia-atacante Fabiano (América-RJ). O primeiro tem boas chances de estrear neste sábado, na vaga do volante Gustavo. Se isso acontecer, Vinícius Ferreira, que tem atuado na zaga nas duas últimas partidas, volta a posição de origem no meio-campo.

Outra dúvida de Daniel Sabino é no ataque. Luan tem sido o titular, mas pode perder espaço para João Victor. O provável MAC para o jogo de hoje tem: Caio; Dagoberto, João Espadoto (Gustavo), Danilo e Felipe Mello; Tico, Vinícius Ferreira e Matheus Coruja; Diego Carvalho, Luan (João Victor) e Gustavo Nescau.