Município passa a ter o Dia das Doenças Inflamatórias Intestinais

Participam 20 médicos de diferentes partes do país

O calendário municipal ganha uma nova data para a saúde, o Dia de Reflexão sobre as Doenças Inflamatórias Intestinais (DIIs).

 

Foi escolhido o dia 19 de maio, que já tem esse mesmo reconhecimento internacional.

 

A Regional da ABCD (Associação Brasileira de Colite Ulcerativa e Doença de Crohn) comemora o compromisso da Prefeitura com a causa.


A ABCD é uma ONG que atua desde 1999 em prol do tratamento, prevenção e diagnóstico através da multiplicação de conhecimento e visibilidade para as doenças inflamatórias intestinais.

 

A Regional de Marília tem mais de dez anos e vê o reconhecimento municipal sobre a relevância do assunto como fundamental.

 

Segundo a entidade, a sanção vai favorecer o apoio às suas ações e às ações dos profissionais e pacientes envolvidos com as DIIs. 


A ABCD já desenvolve atividades no mês de maio em Marília, por conta do movimento Maio Roxo, sobre o assunto.

 

“A partir desse momento, o Município está envolvido. Essa data no calendário municipal é um atestado de comprometimento e facilita a conquista de apoio”, mencionou o secretário nacional da ABCD e coordenador da Regional da ABCD, Fábio Teixeira, da Clínica GastroSaúde, de Marília.


Teixeira é gastroenterologista e cirurgião coloproctologista, sendo professor convidado da Unesp de Botucatu.

 

Ele e os médicos Paulo Kotze, cirurgião coloproctologista da PUC (Paraná), e Aderson Damião, gastroenterologista da USP (São Paulo), promovem nesta semana o curso Imersão em Doença Inflamatória Intestinal.


O curso começa hoje e segue até sexta-feira, na GastroSaúde.

 

Participam 20 médicos de diferentes partes do país.

 

“Essa é a 16ª edição do treinamento teórico e prático, realizado desde 2015. Já treinamos mais de cem médicos de todo Brasil. Marília é uma das referências nacionais em DIIs, por treinamentos, tratamentos e vários publicações”, frisou Fábio Teixeira.

 

 

 

Por Carolina Godoy