Detento rompe tornozeleira eletrônica e se entrega na CPJ

Ele havia se beneficiado com a saída temporária do Dia dos Pais

 desempregado Eder Luís de Oliveira, de 36 anos, se entregou na quinta-feira (15) à Polícia Civil.

Ele havia se beneficiado com a saída temporária do Dia dos Pais, mas rompeu a tornozeleira eletrônica e não retornou para a unidade prisional.

De acordo com informações da Polícia Civil, por volta das 15 horas, Oliveira se apresentou na Central de Polícia Judiciária (CPJ) e entregou aos policiais civis a tornozeleira eletrônica, que havia danificado durante o benefício da “saidinha”.

Em consulta aos antecedentes criminais, constou que o desempregado era considerado evadido do sistema prisional.

Oliveira foi detido e encaminhado para o regime fechado da penitenciária de Marília.

 

 

Por Matheus Brito/Imagem: Ilustrativa