Governador João Doria anuncia investimentos em Bauru. E Marília?

O governador João Doria e o secretário de Estado da Saú­de, José Henrique Germann Ferreira, estiveram ontem (15) em Bauru para anunciar a rea­lização de diversas obras e in­vestimentos na região.

 

 O governador João Doria e o secretário de Estado da Saú­de, José Henrique Germann Ferreira, estiveram ontem (15) em Bauru para anunciar a rea­lização de diversas obras e in­vestimentos na região.

 Marília ficou de fora.

Apenas 46 ócu­los para o Programa “Visão do Futuro” foram destinados à Cidade Símbolo de Amor e Liberdade.

Chama a atenção o fato do governador João Doria ser do mesmo partido do prefei­to de Marília, Daniel Alonso, o PSDB e ainda assim não anunciar repasses importan­tes para a cidade.

Na sede do DRS (Departa­mento Regional de Saúde) de Bauru, Doria anunciou a aqui­sição de uma nova ressonân­cia magnética para o Hospital Estadual do município, orçada em R$ 3,9 milhões.

A Secretaria de Estado da Saúde também ampliará a oferta de cateterismos e an­gioplastias com apoio do Hos­pital das Clínicas de Botucatu.

A medida foi adotada para garantir a continuidade da as­sistência aos pacientes, en­quanto está em andamento a aquisição da nova hemodinâ­mica para o Hospital de Base, no valor de R$ 2,1 milhões.

Mensalmente, serão ofer­tados 80 atendimentos extras, que serão realizados aos sá­bados especificamente para os casos eletivos, ou seja, sem risco iminente.

 Os proce­dimentos têm início no dia 24 de agosto.

Na região de Bauru, o “Me­lhor pra sua Saúde” totaliza um investimento de R$ 23,7 mi­lhões em obras. Desse total, R$ 21,9 milhões se destinam à re­forma geral do Hospital Manoel de Abreu, localizado em Bauru.

 

O valor complementar será aplicado na interligação da rede de esgoto do Ambulató­rio Médico de Especialidades (AME) e Lucy Montoro de Bo­tucatu, e ainda para a constru­ção de cabine primária da rede elétrica do Centro de Atenção Integral à Saúde (CAIS) Cle­mente Ferreira, em Lins.

 

Programa ‘Visão do Futuro’

Na ocasião, Doria, Ger­mann e o secretário-executivo de Estado da Educação, Ha­roldo Rocha, também entrega­ram óculos a 335 estudantes do 1º ano do Ensino Funda­mental de Bauru, Marília, Assis e Campinas, ação que integra o programa “Visão do Futuro”.

 

 Trata-se de uma parceria en­tre as secretarias de Estado da Saúde e da Educação, que visa à prevenção e recupera­ção da saúde ocular.

 

Ao todo, 1.028 crianças matriculadas em 78 escolas estaduais foram avaliadas em serviços especializados em of­talmologia das quatro regiões, e 32% delas receberam pres­crição para uso de óculos, que serão fornecidos gratuitamen­te pelo Governo Paulista, com o apoio de óticas parceiras.

 

Em Bauru, participaram 33 escolas e 371 alunos foram encaminhados para avaliação com especialistas do Hospital de Base de Bauru. Desse to­tal, 171 (46%) tiveram prescri­ção para uso de óculos.

 

Outros 153 alunos de nove escolas de Marília também fo­ram avaliados no Hospital das Clínicas de Marília – 46 deles (30%) receberão óculos. Já em Assis, participaram três unidades de ensino, totalizan­do 31 estudantes que passa­ram por consultas no Hospital Regional de Assis.

Desses, 17 (55%) tiveram prescrição mé­dica para uso de óculos.

Educação

Ainda na sede do DRS, o Governador descerrou a pla­ca da EMEI Dalila Nubiato da Silva, de Ouroeste, a 33ª uni­dade do Programa Creche Es­cola entregue na atual gestão e realizada com investimento de cerca de R$ 1,6 milhões do Governo do Estado, em parce­ria com a prefeitura local.

 

Na cerimônia, o governa­dor assinou eletronicamente dez convênios da Secretaria de Desenvolvimento Regio­nal com nove municípios da região, entre eles, Avaí, Bal­binos, Boraceia, Guarantã, Lençóis Paulista, Mineiros do Tietê, Paulistânia, Reginópo­lis e Uru. No total, serão des­tinados R$ 2,3 milhões para obras de infraestrutura urbana e compra de veículos e equi­pamentos.

Energia solar

Ainda no município de Bauru, o governador esteve no Centro de Operações da Geração de Energia da AES Tietê para parti­cipar da inauguração das usinas de geração fotovoltaica Guaimbê e Ouroeste, as maiores já instala­das no Estado, com 300 MW de potência, somados.

 

Com R$ 1,2 bilhão em in­vestimentos, as unidades es­tão entre as mais relevantes geradoras de energia renová­vel no território nacional.