HC realiza 2.040 exames a mais até novembro

Nessa terceira fase 301 municípios de dez regiões do interior são beneficiados

O HC/Famema, que compreende os serviços de saúde da instituição, está na terceira fase do programa estadual Corujão da Saúde e realiza 2.040 exames a mais do que a agenda de rotina até o mês de novembro.

 

O mutirão já começou e abrange mamografia bilateral, endoscopia digestiva e ultrassonografia.


Os procedimentos são realizados de forma suplementar, ou seja, sem cancelamento da agenda ofertada na rotina.

 

O objetivo estadual é reduzir o tempo de espera na fila por exames.


O período do programa começou em julho e segue até novembro.

 

O HC/Famema deverá realizar, nesses 120 dias, 40 mamografias bilaterais, 600 endoscopias e 1.400 exames de ultrassom.

 

O agendamento dos pacientes para o mutirão é feito pela CROSS (Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde).


“A habilitação da autarquia HC/Famema permite a diminuição da demanda reprimida da Regional de Saúde de Marília, que compreende os 62 municípios que atendemos. O que vai trazer mais agilidade aos diagnósticos e tratamentos”, ressaltou a superintendente do HC/Famema (Hospital das Clínicas/Famema), Paloma Aparecida Libanio Nunes.


Em comemoração pela adesão ao programa, no último dia 10 (sábado) a Superintendência do HC/Famema realizou uma solenidade para representantes do DRS IX (Departamento Regional de Saúde de Marília), do Nuac (Núcleo de Apoio à Comunidade da Famema), e do Serviço de Apoio Diagnóstico e Terapêutico do HC.


O Corujão da Saúde iniciou a sua primeira fase (abril) nas regiões da Grande São Paulo, Campinas e Vale do Paraíba.

 

Na segunda fase houve ampliação para as regiões da Baixada Santista, Bauru, Presidente Prudente e São José do Rio Preto.

 

E nessa terceira fase 301 municípios de dez regiões do interior são beneficiados.

 

As regiões são: Araçatuba, Araraquara, Barretos, Franca, Marília, Piracicaba, Registro, Ribeirão Preto, São João da Boa Vista e Sorocaba.