Dise flagra servente com porções de crack na favela do Argolo Ferrão

Os investigadores da Dise fizeram uma incursão pela favela e detiveram Silva

O servente de pedreiro Wellington dos Santos Silva, de 37 anos, foi preso por policiais civis da Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) após ser flagrado com porções de crack na segunda-feira (12) na favela do Argolo Ferrão, na zona Oeste da cidade.

Segundo o delegado Luís Marcelo Perpétuo Sampaio, investigações da delegacia especializada em narcóticos apontaram que traficantes estariam utilizando o cruzamento das ruas Monsenhor João Baptista Toffoli e Roberto Sibilhano como ponto de comércio de drogas.

Policiais civis monitoraram o local e flagraram o servente de pedreiro repassando drogas para dois usuários.

“A campana visualizou o indiciado atendendo duas pessoas e indo buscar o entorpecentes, que ficava escondido num matagal”, disse o delegado.

Os investigadores da Dise fizeram uma incursão pela favela e detiveram Silva.

Com ele foi encontrada uma porção de crack e R$ 2 em dinheiro.

Em varredura pelo terreno foi encontrada uma “muca”, que armazenava 116 pinos de crack e outra porção da droga.

O servente de pedreiro foi indiciado em flagrante pelo crime de tráfico de entorpecentes e recolhido para a penitenciária de Marília.

Em caso de condenação, Silva pode pegar uma pena de até 15 anos de prisão em regime fechado.