MAC atropela o Joseense e fica com a 2ª melhor campanha geral

MAC fez 6 a 0 no Joseense, no estádio Bento de Abreu, pela última rodada da 2ª fase

A goleada no último domingo sobre o Joseense (6 a 0), no estádio Bento de Abreu, garantiu ao Marília Atlético Clube (MAC) a 2ª melhor campanha geral do Campeonato Paulista da 4ª Divisão (Sub-23), com 68,7 de aproveitamento. O Alviceleste passou o Fernandópolis (68,5%), que empatou na última rodada da 2ª fase e só fica atrás do Paulista de Jundiaí (74,5%).

Com a vitória no domingo, o MAC se classificou em 1º lugar no ‘Grupo 10’ com 12 pontos. O primeiro gol contra o Joeeense saiu aos 16 minutos do primeiro tempo e foi marcado pelo estreante Guilherme Café. Jogada ensaiada em escanteio pela direita. Lucas Praxedes cobrou curto para Mateus Mima, que devolveu a bola rapidamente e tocou no bico da grande área para Ícaro. O meia dominou e cruzou pelo alto para o zagueiro cabecear no canto esquerdo (1 a 0).

Aos 23 minutos veio o segundo gol maqueano. Contra-ataque pela direita com Erik Bessa. O atacante ‘disparou’ livre com a bola e antes de chegar à linha de fundo cruzou à meia altura na segunda trave para Ícaro dominar próximo à pequena área e chutar forte no canto esquerdo (2 a 0). O terceiro não demorou muito e aconteceu aos 38. O lateral Mima começou a jogada pelo meio e lançou Erik Bessa na direita, que cruzou rasteiro de primeira, para o atacante PH se jogar na bola dentro da pequena área e marcar de carrinho (3 a 0).

Ainda no primeiro tempo ocorreu o quarto gol e novamente pelo meio. Dessa vez passe na direita do meia Ícaro para o atacante Lucas Lima, que perto do bico da grande área bateu forte pelo alto, sem chances para o goleiro (4 a 0). Na etapa final os gols só aconteceram nos minutos finais. Aos 40 minutos, outro estreante balançou as redes. Pela direita. Mateus Mima cruzou rasteiro. A bola passou por todo mundo a caiu nos pés do meia Tom Tom, que teve espaço para dominar e bater rasteiro, entre as pernas do goleiro (5 a 0).

Para fechar o ‘massacre’ o sexto gol veio do lado esquerdo. O lateral Lucas Praxedes recebeu passe de Dener e cruzou pelo alto para o volante Hebert cabecear no canto direito (6 a 0).

 

Ficha técnica:

 

Local: Estádio Bento de Abreu, em Marília

Público: 566 pagantes

Renda: R$ 3.485,00

Árbitro: Paulo Sérgio dos Santos

Cartões amarelos: William e Wilson (Joseense)

Gols: Guilherme Café 16/1T, Ícaro 23/1T, PH 38/1T, Lucas Lima 43/1T, Tom Tom 40/2T e Hebert 43/2T (Marília)

 

Marília – Geílson; Mateus Mima, Gutierrez, Guilherme Café e Lucas Praxedes; Matheus Chiclete, Hebert e Ícaro (Tom Tom); Erik Bessa (Dener), PH (Breno) e Lucas Lima. Técnico: Ricardo Costa.

 

Joseense – Guilherme Almeida; André, Guilherme William, Giovani e Murilo (David); Abraão, Romildo (Vinícius) e Wilson; Dieguinho (Igor Nazaret) e William. Técnico: Rafael Atilli.