Chevrolet Corvette Stingray ganha nova geração, de 495 cavalos, com motor central

O modelo chega às lojas americanas no início de 2020, ainda sem preço definido.

A Chevrolet revelou nos Estados Unidos a nova geração do Corvette Stingray. Pela primeira vez na história, o esportivo ganhou motor central, de 495 cavalos, que o torna o Corvette de entrada mais rápido da história: pode fazer de 0 a 100 km/h em menos de 3 segundos.

O modelo passa a contra com novo posicionamento do motor, que antes ficava na dianteira, além de ganhar visual e chassis novos.

Ele é impulsionado pelo 6.5 litros V8 LT2 aspirado, propulsor que pode despejar 64,95 kgfm de torque - quando equipado com o pacote Z51 Perfomance.

O V8 trabalha em conjunto com transmissão automatizada, de dupla embreagem, com 8 marchas.

 "O veículo tradicional com motor dianteiro atingiu seus limites de desempenho, exigindo nova configuração", afirmou Mark Reuss, presidente da GM.

De acordo com a montadora, a mudança de local do motor proporciona uma melhor distribuição de peso para o esportivo, que tem 1.530 kg.

Além disso, o posicionamento do motorista mais próximo ao eixo dianteiro melhora a pilotagem do carro, afirma Chevrolet.

No interior, destaque para o novo cockpit na cor preta e detalhes de costura vermelho.

No console central, os botões estão colocados de maneira longitudinal.

O modelo chega às lojas americanas no início de 2020, ainda sem preço definido.