AD Vaz/Marília encara o Real Madruga em Araçatuba pela Liga Interior

Time mariliense terá à disposição sete reforços para esta 2ª rodada da 1ª fase

 

A Associação Dionísio Vaz/Vaztur/Marília faz hoje seu segundo jogo pela Liga Paulista do Interior de Futsal Masculino. A partida será em Araçatuba, contra o Real Madruga, às 20h. Na estreia, os marilienses empataram em casa com Assis (3 a 3). O grupo tem apenas essas três agremiações e todos vão jogar entre si em dois turnos. Somente o último colocado será eliminado.

O clube de Araçatuba fará sua estreia na competição. Desde que a AD Vaz começou o projeto em Marília, em agosto de 2018, o Real Madruga é o adversário que mais vezes enfrentou. Foram quatro confrontos, com três vitórias de Araçatuba e uma de Marília, justamente no último embate, que garantiu a classificação para as quartas de final do Campeonato Paulista.

“Eles foram campeões estaduais no ano passado, se reforçaram, mas não imaginaram que outras equipes do interior, assim como nós, tínhamos também um elenco forte. Eles foram surpreendidos no primeiro semestre e não passaram da 1ª fase no Paulistão. Sei que o time deles se reforçou ainda mais agora, mas nós também, por isso vamos para Araçatuba realizar um bom jogo e tentar trazer pelo menos um ponto”, destacou o técnico Milton Gomez Vaz.

A AD Vaz perdeu três de seus atletas para o futsal italiano. O ala Gustavo Menini, o fixo Rafinha e o pivô Ítalo foram para equipes diferentes. Em compensação, contratou sete reforços, que já estarão à disposição para o jogo desta sexta-feira. Dois dos contratados estavam no futsal europeu. O pivô Kilson veio do Viseu, de Portugal e o fixo Clebão estava no Padova, da Itália. Os outros cinco atletas estavam em equipes paulistas. Do São Caetano chegou o ala Pitoko e o fixo Fer Negão. Os alas Igor, Gabriel e Léo Paulista vieram respectivamente de: São Bernardo, Barueri e AABB/São Paulo.