OPERAÇÃO 9 DE JULHO: Mortes crescem 100% nas rodovias estaduais no feriado prolongado

Duas colisões resultaram em mortes

O número de mortes em acidentes de trânsito cresceram 100% na “Operação 9 de Julho”, realizada nos 567 quilômetros de rodovias estaduais na região de Marília.

A ação ainda registrou queda nas autuações e flagrantes por embriaguez ao volante.

As duas mortes ocorreram na noite de sexta-feira (5) na rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294), em Pompéia.

A colisão frontal entre um Volkswagen Saveiro e um Ford Fiesta, ambos com placas de Quintana, vitimaram o estudante Caíque Honorato Sartori, de 21 anos, e o autônomo André Souza Santos, de 31 anos.

Ainda segundo os números divulgados ontem (10) pela Polícia Militar Rodoviária, nos cinco dias de fiscalização intensificada foram registrados 14 acidentes contra sete na ação do ano passado, uma elevação de 100%.

As colisões resultaram ainda em duas vítimas graves e cinco leves.

Já as autuações caíram 15,4%. Ao todo, os policiais militares rodoviários multaram 906 motoristas contra 1.072 no ano passado.

Do total de infrações, 74% foram flagradas através dos radares fotográficos pelo excesso de velocidade.

Os flagrantes por embriaguez ao volante também tiveram queda de 31,5%.

Nos cinco dias, 13 motoristas foram surpreendidos dirigindo sob influência de álcool contra 19 na ação de 2018.