Bolsonaro diz que deverá indicar Ministro "terrivelmente evangélico " para o STF

Declaração foi dada na manhã de hoje (10)

O presidente Jair Messias Bolsonaro afirmou na manhã desta quarta-feira (10) que um, dos dois Ministros que tem direito de indicar para o Supremo Tribunal Federal (STF) “será terrivelmente evangélico". 

 

A declaração foi dada durante um culto evangélico na Câmara dos Deputados

 

Depois, Bolsonaro repetiu a promessa no plenário da Casa, durante sessão solene. 

 

"Muitos tentam nos deixar de lado dizendo que o estado é laico. O estado é laico, mas nós somos cristãos. Ou para plagiar a minha querida Damares: Nós somos terrivelmente cristãos. E esse espírito deve estar presente em todos os poderes. Por isso, o meu compromisso: poderei indicar dois ministros para o Supremo Tribunal Federal. Um deles será terrivelmente evangélico", declarou o presidente. 


O presidente já sinalizou que um dos nomes cotados para a vaga na Suprema Corte é o atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.