BIOMETRIA: Justiça Eleitoral faz 86 cadastros em dois dias no distrito de Amadeu Amaral

A Justiça Eleitoral fez 86 cadastramentos biométricos ontem (3) e anteontem (2) no distrito de Amadeu Amaral. O posto de atendimento ao eleitor funcionaria apenas dois dias, mas por conta de problemas na internet que dificultaram os trabalhos desta quarta-feira, os cadastros vão continuar sendo feitos hoje (4), das 10h às 16h.

Na terça-feira, foram 54 cadastros biométricos de eleitores do distrito e ontem mais 32. Moradores da zona rural têm comparecido para aderirem ao novo sistema eleitoral.

Os cadastros biométricos estão sendo feitos na Emefei (Escola Municipal de Educação Infantil e de Ensino Fundamental) Antônio Garcia Egéa.

A biometria reforça a segurança na identificação do eleitor ao votar. Nas eleições municipais de 2020, os moradores da cidade já serão identificados pelas digitais.

Para fazer o procedimento, o eleitor deve levar documento oficial de identificação original com foto, comprovante de residência recente e o título, caso tenha.

Sem o título de eleitor, não é possível tomar posse em concurso público. No caso de servidor público, não será pago o salário. O eleitor com o título cancelado também não poderá se matricular em estabelecimento de ensino oficial, tirar passaporte, nem CPF, além de não poder obter empréstimo em bancos públicos e perder os benefícios sociais tipo bolsa família, entre outros.