Mariliense tem mais uma chance de conseguir índice para o Mundial de Atletismo

João Vitor de Oliveira (à dir.) foi campeão este mês em Copenhagen, na Dinamarca, da prova dos 110 metros com barreiras

O Campeonato Mundial de Atletismo Indoor (pista coberta) acontece somente em outubro no Catar e o mariliense João Vitor de Oliveira, o “João da Barreira”, está em busca do índice de 13 segundos e 46 centésimos, na prova dos 110 metros com barreiras. Atleta do Benfica, de Portugal, ele terá uma nova oportunidade de alcançar a marca amanhã (dia 30), na cidade de ‘La Chaux-de-Fonds’, na Suíça.

Neste mês, João da Barreira disputou algumas competições na Europa e subiu ao pódio em duas delas. Em Genebra (Suíça), ficou com a medalha de prata, com o tempo de 13s63. Já em Copenhagen (Dinamarca) foi campeão, mas com a marca de 13s89. “Foi uma competição complicada, porque tinha muito vento lateral. O tempo não foi bom, mas a vitória foi importante, pois ganhei de um polonês que tem a marca neste ano de 13s28”, explicou.

O mariliense não conseguiu o índice para representar o Brasil no Pan-Americano do Peru (26 de julho a 11 de agosto), mas está otimista em alcançar o objetivo para o Mundial. “Nesse momento eu já esperava estar correndo na casa dos 13s50 ou 13s40. Mesmo assim, estou bastante confiante, porque depois de tudo que passei no ano passado, com a mudança no estilo de correr, essa temporada já está sendo mais proveitosa. Voltar ao Circuito Europeu de competições me trouxe mais motivação”, frisou.

Apenas uma vez na carreira, João Vitor de Oliveira conseguiu correr abaixo do índice para o Mundial (13s46) e foi justamente nesta competição, em 2015, em que fez 13s45, seu melhor tempo na prova dos 110 metros com barreiras. O mariliense esteve na última edição das Olimpíadas, realizada no Rio de Janeiro em 2016 e chegou até a semifinal. Os próximos Jogos Olímpicos acontecem no ano que vem, em Tóquio, no Japão.